Dez passos para planejar e alcançar os seus objetivos em 2021.

Você às vezes tem a impressão de que o tempo está escorrendo pelas suas mãos? Já teve a sensação de que, por mais coisas que você tenha feito, por mais cansaço que tenha sentido, por mais que a exaustão e o estresse tenham feito parte da sua rotina, parece que você não fez absolutamente nada? Que a vida continua empacada? Que todas aquelas metas listadas com tanto entusiasmo não saíram do papel?

Pois é.

Apesar de o tempo ser uma medida bastante objetiva (todos nós temos as mesmas 24h; uma semana é sempre uma semana; assim como um minuto é sempre um minuto), a nossa percepção mental é muito diferente, não é mesmo?

Às vezes parece que escorre, que corre, que para, que volta, que anda… Quanto tempo o tempo tem?

Para alguns, nem mais um dia. Para outros, o mundo inteiro.

Para a verdade verdadeira da vida: o agora. Mesmo que a gente saiba, estatisticamente, que a probabilidade de o futuro chegar é imensa. E é por isso mesmo que a gente PRECISA planejar.

 

POR QUE PLANEJAR?

  • Planejar acalma a nossa mente: a tendência da mente humana é a de projetar um futuro catastrófico pra nós. Quando a gente planeja, é como se a gente estivesse dizendo assim pro nosso cérebro: “Fica tranquilo, meu querido, nós temos um plano”.
  • Planejar aumenta as nossas chances de realizar: quando você escreve as suas metas e planeja como você vai fazer para alcançá-las, você potencializa as suas chances de fazer acontecer, principalmente quando você compartilha esse seu plano com alguém.
  • Planejar nos ajuda a assumir riscos calculados: ninguém escreve planejamento na pedra, exatamente porque o mundo é do imprevisível mesmo. No entanto, um bom planejamento nos ajuda a entender melhor onde estamos, aonde queremos chegar e quais riscos estamos dispostos a assumir para chegar lá, ao trazer à tona a ideia do fracasso aceitável: até que ponto vale a pena arriscar? Se o pior cenário acontecer, o que você suportaria perder?

 

COMO PLANEJAR O NOSSO ANO?  

Abaixo, eu quero compartilhar com você 10 passos para que você possa planejar o seu próximo ano da melhor maneira possível. Tome nota e não deixe de dar o seu check list em cada etapa, combinado?

Passo 1

Comece pelo pior: sim! Qual é o projeto ou problema que mais ocupa a sua mente agora? Qual é a mudança que, se você começar por ela, vai trazer um impacto positivo para outras áreas da sua vida?

Passo 2

Defina os resultados: qual resultado você pretende alcançar? O que precisa acontecer para você dar esse projeto como concluído?

Passo 3

Enxergue a relevância: por que esse objetivo é importante pra você? Com quais valores essenciais pra você esse objetivo se conecta? Os motivos têm que ser SEUS (conectados aos seus valores reais).

Passo 4

Reflita sobre o processo: você está realmente disposto a passar pelo processo que vai te levar àquele objetivo? A fazer os sacrifícios que precisam ser feitos? A assumir os riscos inerentes? (não adianta querer chegar ao topo do monte sem passar pelos percalços da caminhada).

Passo 5

Estabeleça as estratégias: anote as 3 principais ações físicas (use verbos) necessárias para que você possa avançar no alcance do objetivo.

Passo 6

Defina o seu Progresso Mínimo Viável (PMV): nada nos motiva mais do que a sensação de que estamos progredindo, por menor que seja esse progresso. Nesse sentido, é fundamental que você registre as suas metas e que vá monitorando o seu progresso em relação a cada uma delas. De quanto em quanto tempo você vai checar as suas métricas para saber se você está indo bem? (ciclo semanal, quinzenal, mensal, trimestral…).

Passo 7

Compartilhe o seu planejamento com alguém: compartilhar o plano aumenta enormemente as chances de a gente cumprir o plano. Com quem você vai compartilhar o seu? Se for um comprometimento público, melhor ainda!

Passo 8

Faça revisões periódicas: as circunstâncias mudam, não é mesmo? E você pode mudar também! Diante desse novo cenário, é fundamental que você revise o plano para verificar a necessidade (ou não) de possíveis ajustes. É preciso fazer alguma adaptação ao plano original? Quando houver mudanças, como você pode garantir um resultado, ainda que intermediário? (qual é o melhor que você ainda consegue fazer diante desse novo cenário?).

Passo 9

Agradeça e celebre: a gratidão é uma prática que deve fazer parte da sua rotina diária. Em se tratando dos seus objetivos, então, você não pode deixar nunca de agradecer e de celebrar cada conquista, por menor que ela seja! Quanto mais você agradece, mais você recebe!

Passo 10

Liste os seus aprendizados: quais foram os principais acontecimentos difíceis pelo qual você passou ao longo dessa jornada e quais foram os principais aprendizados que você conseguiu extrair de cada um deles?

Bora pra ação?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *